Fundos Imobiliários: O que avaliar?

Publicado em 31 de outubro de 2018.

 

Os fundos de investimentos imobiliários (os "FIIs") são alternativas interessantes para expor parte do seu patrimônio a imóveis, sem que sejam demandados elevados aportes financeiros, além de todos os trâmites de corretor e cartório.

Os fundos são administrados por instituições financeiras de grande porte, com equipes comerciais e administrativas que buscam melhorar o retorno do investimento, seja via aluguéis ou ganho de capital na compra e venda.

Mas dado que existem diversos fundos disponíveis na bolsa, como escolher aqueles mais alinhados ao seu perfil? Quais parâmetros devem ser avaliados? Listamos alguns que a equipe do DINHEIRO NOVO considera como importantes nessa análise.

Vacância: qual a participação do imóvel que não tem inquilinos. Seja em lajes corporativas, shoppings ou galpões logísticos, há movimento de inquilinos entrando e saindo, gerando alterações na vacância. Imóveis bem localizados tendem a sofrer menos com esse item, por ter maior fluxo de interessados. Um comportamento interessante dos fundos imobiliários é que a perda de um inquilino pode significar desvalorização da cota na bolsa. Fazendo uma analogia, se um apartamento está vago, significa que o preço dele é menor? A vacância alta pode ser uma oportunidade.
Localização: essencial para definir se vale a pena um investimento ou não. Em geral, são os fundos mais caros (em relação ao valor patrimonial, ou seja, a estimativa de valor dada por uma consultoria imobiliária), mas naturalmente geram maior aluguel pela maior procura.
Tipo: existem vários tipos de fundos diferentes: lajes corporativas, shoppings, hotéis, galpões logísticos, agências bancárias, educacionais. Cada um deles tem diferentes comportamentos durante ciclos econômicos, e perspectivas para o futuro.

Consideramos esses três fatores importantes, mas ainda mais essencial é considerá-los de forma unificada. Além disso, a diversificação por regiões e tipos é vital para evitar que sua carteira sofra com eventos específicos.

Já investe em fundos imobiliários? Algum parâmetro que você avalia não foi citado? E para os que não investem, ficou esclarecido, ou ainda tem dúvidas?

 

Sucesso a todos!

 
Gostou deste post? Então mande um e-mail para nós! Convide seus amigos para assinar gratuitamente nosso newsletter!

 

Abraços

 
Equipe DINHEIRO NOVO

 

#DinheiroNovo

#EconomicaInteligente

#Empreendedorismo

#EstratégiadeInvestimento