Educação Financeira

Publicado em 10 de outubro de 2018.

 

Esta expressão é forte! Tradicionalmente quando crianças, não somos educados para aprender finanças.

 

Já na juventude, em ambientes escolares, somos preparados para termos um ofício, conseguirmos emprego, empreender... já temos isto um pouco mais evoluído nas escolas de negócios e de ensino superior.

 

Além disso, o que as escolas de negócios ensinam no MBA como planejar as finanças das empresas não se pode dizer o mesmo no planejamento das finanças pessoais.

 

Passamos a maior parte do tempo estudando para ganhar dinheiro, porém não é comum aprendermos a gastar o dinheiro que ganhamos!

 

O que o DINHEIRO NOVO tem observado é que existe um espaço para o aprendizado na decisão financeira, como a forma de economizar, nossa economia inteligente.

 

DINHEIRO NOVO traz um conceito muito direto para a pessoa, não é para empresa.

 

Todo o aparato que a contabilidade dá às pessoas jurídicas, o DINHEIRO NOVO faz o paralelo para a pessoa física, claro, de forma bastante simplificada, pois o esforço a ser despendido tem que ser muitíssimo menor que as empresas dedicam para suas próprias contabilidades.

 

Coisas simples como...

 

- Categorizar gastos

- Criar metas para as categorias

- Fechar Balanços Patrimoniais considerando marcações a mercado.

 

Sempre o ajudará a ter mais tranquilidade para depois...

 

- Decidir sobre investimentos

- Empreender

- Entender sua evolução patrimonial

 

A Equipe do Dinheiro Novo acredita que o hábito deve ser construído dia após dia até que tudo se torne natural... Mantenha o exercício sempre!

 

Sucesso a Todos!
 
Gostou deste post? Então mande um e-mail para nós! Convide seus amigos para assinar gratuitamente nosso newsletter!

 

Abraços

 
Equipe DINHEIRO NOVO

 

#DinheiroNovo

#EconomicaInteligente

#Empreendedorismo

#EstratégiadeInvestimento